CORONAVIRUS - FES DENUNCIA MÁ-FÉ DE RATINHO JR

Notícia

Os integrantes do Fórum das Entidades Sindicais (FES) vêm a público manifestar seu completo repúdio à atitude autoritária, cruel e injusta do governador Ratinho Jr. para com as/os servidoras/es públicos do Paraná ao editar um decreto que obriga aos que tem direito adquirido à licenças especiais a fruição das mesmas por causa da pandemia de coronavírus.

No ano que se passou, o governador já havia, na prática, inviabilizado ao funcionalismo público do Estado o direito às licenças. Agora, de forma oportunista, quer obrigar as/os servidoras/es que já tem direito adquirido a usufruir das licenças sem consultar ninguém.

O decreto autoritário afeta na sua quase totalidade os servidores da Secretaria de Estado da Educação e Esporte (SEED) e 50% dos funcionários de demais órgãos e entidades da administração direta e autárquica do governo.

As licenças representam um direito dos trabalhadores e devem ser usufruídas a critério exclusivo de cada servidora/or, de acordo com as necessidades específicas de cada um(a). Não podem, em tempo algum, ser motivo de imposição de qualquer governo.

A coordenação do FES destaca que irá tomar todas as medidas judiciais e políticas possíveis para barrar mais essa atitude do governador Ratinho Jr, típica de governos autocráticos.