MANIFESTAÇÃO CONTRA BOLSONARO REÚNE MAIS DE MIL PESSOAS EM MARINGÁ

Notícia
 
Sindicalistas, estudantes, representantes de ONGs, professores de instituições públicas e privadas, militantes de diversos partidos políticos, trabalhadores em geral, participaram na manhã deste sábado, 29 de maio, de uma grande manifestação contra o Governo genocida de Bolsonaro.
Os protestos aconteceram em cerca de 204 municípios em todo País, onde a população foi mostrar o descontentamento com as atitudes nefastas e inconsequentes do presidente e sua trupe e aproveitaram também para reforçar os mais de 60 pedidos de impeachment da dupla Bolsonaro/Mourão/Guedes.
Os manifestantes querem, de uma vez por todas, o fim da política genocida de Bolsonaro, o fim das privatizações, o fim do desmonte do Estado Brasileiro, fim do desemprego, da fome e das mortes. Afinal, com a pandemia, o número de pessoas que perderam a vida por conta da falta de vacina já ultrapassa a marca de 450 mil.
Em Maringá, um grande protesto reuniu mais de mil pessoas na Praça Raposo Tavares. Depois seguiram em passeata até a Praça Renato Celidônio, ao lado da Prefeitura Municipal. Gritando palavras de ordem e portando cartazes, o grupo fez, ao final, a queima de um boneco que simbolizava Bolsonaro. Em todo momento, os manifestantes mantiveram o distanciamento social e a aplicação de álcool em gel nos participantes, que em nenhum momento abandonaram as máscaras, respeitando assim os protocolos sanitários determinados pelas autoridades de saúde.