Campanha de valorização dos servidores públicos

Notícia

É papel do Estado atender a população em seus direitos mais básicos.

Veja o Sistema Único de Saúde (SUS), por exemplo: foi criado para garantir que o povo brasileiro tenha acesso universal à Saúde, sem pagar mais por isso.

Serviços públicos garantem que a população tenha acesso aos direitos determinados pela Constituição.

Contudo, a Reforma Administrativa (PEC 32/2020) quer mudar isso, com o princípio da subsidiariedade.

O Estado será coadjuvante da iniciativa privada, auxiliando os empresários a lucrarem em cima das necessidades do povo – por exemplo, oferecendo vouchers para o atendimento em serviços de saúde privados.

Somente as áreas que não interessarem ao setor privado ficariam sob gestão estatal.

Isso pode não parecer grave, mas é. Já está comprovado que quanto mais espaço a iniciativa privada tiver, mais casos de corrupção irão acontecer, além da piora da qualidade e do encarecimento dos serviços.

A Reforma não vai gerar economia, o Estado vai gastar ainda mais, só que transferindo recursos para a iniciativa privada. É só uma forma de encher os bolsos de amigos e parentes de políticos, e de empresários corruptos.

Defenda dos direitos de todos nós. Ajude a barrar a Reforma Administrativa.

E valorize o serviço público. Porque ele sim é para todos.